Babá

Atividades da babá por idade da criança

Toda babá tem o seu jeito de trabalhar. E, claro, muitas profissionais que estão iniciando jornada vão aprendendo com o tempo e a prática como lidar com cada criança. Afinal, cada um é um, com suas personalidades e particularidades. No entanto, existem algumas dicas básicas que podem ajudar bastante quem está começando.

Claro, não existe uma fórmula de tarefas e atividades, mas existem alguns pontos cruciais que os papais e as mamães esperam da profissional com o cuidado com os pequenos.

Atividades da babá por idade da criança

Recém-nascidos até 01 ano de idade

Para os mais pequenininhos, a profissional deve ter o cuidado redobrado e, de preferência, já ter alguma experiência. Para esta idade, as babás devem ter calmas e pacientes para trocar as fraldas e atendê-los nos períodos de incômodo e choro.

De 1 até 3 anos

Esta é a fase chamada “adolescência do bebê”. É a fase da descoberta, em que a criança já começa a engatinhar e andar, e precisa ser estimulada com a coordenação motora.

Portanto, para esta fase é preciso que a profissional seja atenciosa e acompanhe o bebê, para evitar que os primeiros passos em falso acabem se tornando riscos de queda. Também é o momento de a babá incentivar os pequenos com brincadeiras e brinquedos cheios de cores, cheiros, sons. É o momento de descoberta!

Este também é o período em que a babá ajudará o desfralde e as primeiras responsabilidades da criança, como escovação dos dentinhos, pentear os cabelos, e afins.

De 4 até 6 anos

A partir dos 4 anos, a criança já tem mais noção de brincadeiras com grau de dificuldade um pouco maior. Então, é preciso que a babá seja criativa com as brincadeiras, leitura de histórias, montagem de quebra-cabeças e etc. Também momento de a profissional orientar os momentos de alimentação do pequeno. É um bom período para ensinar a propriedade nutricional de cada alimento e mostrar a importância de comer bem.

Depois dos 6 anos

Quando a criança atinge os seis anos, muita coisa muda. O estilo da escola (é o momento de aprendizado de escrita, leitura e afins), o desenvolvimento de habilidades, de organização e afins. É preciso que a profissional seja companheira do pequeno e auxilie em todos estes processos, pois ele já entende suas responsabilidades e rotina em casa, na escolinha e nos cursos extracurriculares. Portanto, é o momento de a babá prestar atenção na rotina dele e ajudar seu desenvolvimento.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *