Babá, Papais e Mamães

Quando a criança se envolve em polêmicas

Que mamãe ou babá nunca se viu em uma saia justa quando viu os pequenos se envolvendo em uma briga ou qualquer polêmica com outra criança? A pergunta, em verdade, é: como agir em uma situação como essa?

Em primeiro lugar, é preciso manter a calma. Crianças caem, se machucam, são sapecas e, algumas vezes, sim, brigam. Então, é preciso ser a voz da razão na situação.

Entendendo o que aconteceu com a criança

É preciso acalmar o pequeno e perguntar exatamente o que aconteceu. Falar com ele de forma clara, objetiva e firme, para que ele fique calmo com o seu suporte. Posteriormente, é o momento de procurar os pais da outra criança envolvida e relatar o incidente. É importante também conversar com tranqüilidade para entender o outro lado.

É claro que quando vemos o nosso filho aos prantos, a tendência é ficar nervoso com ele. Mas é importante manter o equilíbrio para entrar em acordo com a outra família.

Assumindo os erros

Após conversar com a criança, é preciso ter discernimento de entender a parte errada do seu próprio filho. Claro, é tendência que muitas mamães os tratem como anjos, mas os pequenos são humanos. E sim, vão errar. Então é imprescindível entender os dois lados e ensiná-lo o certo e o errado neste momento.

Mostrar como resolver um problema como adulto é fazer com que o pequeno se espelhe e se desenvolva. As crianças precisam aprender a ter autonomia para entender o certo e o errado. Claro que muitas vezes elas vão se confundir, mas se desde pequenas elas já tiverem a noção de como a vida deve ter limites, elas crescerão mais realistas e justas.

Leave a Comment