Papais e Mamães

Dia das Mães para famílias sem mães: Como abordar o assunto com os pequenos?

O Dia das Mães está chegando e a publicidade já esta voando a todo vapor à nossa frente. No entanto, muitas crianças tem uma estrutura de família diferente. Muitos são criados por avós, tios, ou até mesmo por dois papais. Neste caso, como abordar o assunto com o pequeno?

Dia das Mães x Dia da Família

Algumas escolas já aderem ao tema “Dia da Família”, que consiste em comemorar e celebrar a existência dos tutores das crianças. Faz bastante sentido quando se trata de uma escola, que lida com pequenos com famílias distintas.

A idéia, neste caso, é enaltecer a importância da família para o pequeno e como o amor é mais importante e deve ser enaltecido na data.

Questionamento de crianças

As crianças normalmente absorvem tudo, inclusive sobre a rotina de seus amiguinhos. Então, o fato de o amiguinho ter mãe e ele não ter, pode ter um significado forte e emblemático. É preciso explicar para eles que não existe uma culpa, em si. Que ele tem ou já teve, sim, uma mamãe, mas que neste momento a situação está diferente e que ele pode contar profundamente com quem está ao seu lado.

Nunca, em hipótese alguma, fale mal da mãe da criança. Por pior que tenha sido a separação. As crianças ainda não são capazes de distinguir e entender os motivos que levaram à separação.

Plante amor

O Dia das Mães pode ser uma data difícil para muitas crianças. No entanto, este é o momento de semear amor e esperança para os pequenos. De mostrar que eles são mais fortes do que imaginam. E que eles possuem toda uma base sólida em que podem se escorar e se confortar.

É importante, também, deixar claro que suas mamães não foram substituídas. Apenas receberam um reforço de familiares que possuem muito amor para dar.

Atividades na data

Curtam a data juntos, em família. Saiam para passear em um parque ou tomar um sorvete. Não deixem que a sombra se instale em um dia que reflete amor. Comemorem, à sua maneira, a data também. Os pequenos vão se sentir inclusos e ainda mais amados.

 

Leave a Comment