Higiene/Cuidado/Saude

Hora da Comida! Como estimular a rotina de alimentação nas crianças?

As crianças vão desenvolvendo gostos e posicionamentos conforme vão crescendo e entendendo seu lugar no mundo. No entanto, boa parte dos pais acaba sofrendo um pouco no que se refere à comida e alimentação.

É importante haver  o estímulo por uma alimentação variada desde que eles são pequenos, para que consigam conhecer o máximo de sabores e tenham uma dieta nutritiva. A coach de mães Mariana Branco desenvolveu algumas técnicas para tornar o horário da alimentação mais gostosa e criativa, para que as crianças se interessem pela rotina e comecem a ter interesse pela comida.

Mariana, que também é mentora no curso online do Criando AMORas e tem formação em Ludoterapia com enfoque Psicanalítico, separou 5 sugestões de comidas criativas envolvendo legumes, verduras e frutas.

“Sempre esteve entre as minhas preocupações aumentar o repertório alimentar da minha filha Manuela, mesmo para uma mãe que antigamente não sabia cozinhar nada, nada mesmo. No curso online para mães ajudo as famílias a ampliarem o repertório alimentar dos seus filhos”, ressalta.

Comida criativa para todos os gostos!

Coelho amarelinho
Essa fofura foi feita com arroz amarelinho (com açafrão), beterraba, ovo, tomate, pimentão vermelho e pimentão amarelo, além de pepino, cenoura assada e cenoura crua.

Cara de palhaço
O palhaço é feito com panqueca, cenoura ralada, beterraba, ovo, azeitona, pinhão e panqueca rosa. Também usei caneta alimentícia.

Sapo de panqueca verde
Usei panqueca verde (de couve-manteiga), cenoura, pepinos (caipira e japonês), azeitona, panqueca tradicional (para montar a coroa que fiz com cortador), tomate cereja e repolho roxo (para o sorriso lindo desse sapinho feliz).

Borboleta de frutas
A borboleta de frutas foi feita com manga, uva e maçã. Usei cortadores de coração para as asas e cortadores redondos para o miolo da flor.

Leãozinho
Para fazer esse leão, usei mexerica, abacaxi, banana, cenoura, azeitona e couve-manteiga. Outra ideia é usar uva passa quando for fazer os olhos (no lugar da azeitona) e cebolinha, daquela mais fininha, no lugar da couve-manteiga.

“A comida criativa é um dos pontos a serem levados em consideração, porém, muitas vezes as mamães precisam aprender alguns pontos antes de ensinarem aos seus filhos. No curso online para mães eu misturo videoaulas, materiais de apoio, receitas de nutricionistas e muito mais, deixando esse contexto gostoso para todos”, finaliza Mariana.

10 dicas para fazer pratinhos de comida divertidos:

  1. Faça a comida divertida como surpresa para o seu filho no café da manhã ou nas principais refeições do dia;
  2. Criem juntos: encare como uma atividade especial entre pais e filhos sem distrações de tablets, TVs e smartphones;
  3. Deixe a criança fazer sozinha para comer ou apenas para brincar e assim se aproximar, de forma gradual, dos alimentos;
  4. Inclua no prato alimentos que a criança gosta e não gosta de comer.
  5. Faça pratinhos divertidos com a comida caseira do dia a dia, ou seja, com alimentos como legumes de diversas cores e texturas, arroz, feijão, batata etc.;
  6. Apresente diferentes texturas e cores nesses pratinhos;
  7. Aposte também nas lancheiras escolares mais criativas e afetivas;
  8. Seja prático: use cortadores e moldes, como moldes de ovo e pão;
  9. Tenha bom senso: o pratinho divertido não pode ser condição única para a criança comer;
  10. Faça do seu jeito, ou seja, não precisa ser um desenho perfeito.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *