Babá

A babá faz parte da educação das crianças?

Esta é uma pergunta que parece simples, mas que causa muitas dúvidas tanto em profissionais como nas mamães de primeira viagem. Mas comecemos pelo óbvio: A criança cresce em sociedade, convive com pessoas, as mais diferentes pessoas. Como não entender o nosso papel, como adulto, para que aquele pequeno ser humano cresça e se desenvolva com senso de coletividade?

Os adultos fazem parte da educação

Tanto os pais, como as pessoas que estão em volta, são o norte para as crianças. Os pequenos normalmente assimilam, compreendem e imitam suas atitudes, testam suas habilidades, até porque os adultos em volta deles são o ponto de conexão mais próximo com a sociedade.

Bloqueio dos pais, bloqueio da babá

Ainda que tenhamos a consciência de que as crianças precisam do norte dos adultos para seu desenvolvimento, é preciso entender que todos precisam ter seu papel nesta empreitada. Os papais precisam entender que a babá faz parte da rotina da criança e que ensinará, sim, mesmo que inconscientemente, muitas coisas. A profissional, por sua vez, também deve ter o bom senso de que seu papel ali também vai alem dos cuidados básicos de higiene e saúde.

Cada brincadeira lúdica, cada criação de personagem, cada leitura de histórias pode significar muita coisa para os pequenos. A babá, que tem o papel da ajuda ao cuidado dos pequenos, estará sempre presente no desenvolvimento deles.

O famoso limite

Algumas profissionais também se sentem um pouco constrangidas quando se trata de impor limites às crianças. O que nos faz pensar no parágrafo acima. É preciso que os pais entendam que a babá é o seu braço enquanto eles não podem atender os pequenos. Sendo assim, é importante que ela também faça parte deste setor.

Afinal de contas, pensemos: não adianta os pais tentarem impor limites se a babá se sentir atada e não puder ter o mesmo posicionamento em casos de birras, brigas, artes e afins. É importante que a profissional saiba mostrar, também, a necessidade dos limites e de seguir as regras da casa. Dizer não é a maior prova de preocupação que podemos dar na fase de desenvolvimento.

Resumindo: A babá não entrará como uma educadora escolar, por exemplo, mas tem sim o seu papel na educação das crianças e de como elas devem conviver em sociedade.

Leave a Comment