Higiene/Cuidado/Saude

Vacinação: É importante sim dar as medicações para as crianças

Neste ano tivemos muita discussão sobre vacinação nas crianças. Ainda que saibamos que as vacinas previnem muitas doenças complexas, especialmente as que acontecem nos primeiros anos das vidas das crianças, muitos pais ainda se sentem inseguros com as medicações.

Os médicos, no entanto, normalmente defendem veementemente as vacinas, afirmando que são métodos eficazes e seguros de prevenção para as crianças. Então, fazendo algumas pesquisas, encontramos este texto bacana do site da Revista Pais & Filhos, que fala um pouco sobre esse tema.

Confira o texto na íntegra aqui.

É importante que discutamos alguns temas especialmente para esclarecer as duvidas de pais de primeira viagem. A primeira delas é sobre quais medicações os pequenos devem tomar.

Segundo a nota, as vacinas essenciais para as crianças são: tríplice viral, antipneumocócica, mningocócica, bacterina, hemófilos, e poliomelite de início. Depois de seis meses, o bebê já deve tomar a vacina contra a gripe e, apos um ano, as de hepatite A e B.

Vacinação na rede pública e na particular

Muitas pessoas se preocupam com o tema da vacina, porque imaginam que são caras. Mas vejam: as vacinas da rede pública e da rede privada não têm diferença. Então, a falta de dinheiro não é um fator que deve impedir a vacinação da garotada, certo? Ainda de acordo com a nota, a única diferença é que a rede particular possui medicações extras que a rede pública não possui ainda.

Fonte: Pais & Filhos

Leave a Comment